Estou com depressão | Curiosidades sobre mim!

comentários
8 de abril de 2017

A duas semanas vem acontecendo uma avalanche de coisas em minha vida, não vem ao caso os acontecimentos mas eles abalaram mais uma vez a minha estrutura e minha depressão voltou. As vezes eu olho os meus videos e, talvez como vocês me pergunto, como pode eu, uma pessoa que lê tanto, que estuda, que é super animada e positiva na maioria das vezes cair em depressão?

Pois é, sou uma pessoa normal como todos, com autos e baixos e com muitos problemas e questões a serem resolvidas, e o meu trabalho como comunicadora e influenciadora fica em segundo plano quando estou assim. Pessoas mais próximas falam para eu ir lá e gravar, colocar um batom  na boca e fazer de conta que nada aconteceu. Mas infelizmente não dá, a depre atinge diretamente o meu desemprenho em meus vídeos, gravei 4 vídeos essa semana e todos eles eu me vi mal, triste e mesmo assim tentando passar positividade, então os apaguei!

É difícil falar sobre isso, é difícil ficar tão exposta assim, todas as vezes que falo que estou com depressão eu sinto que estou de alguma forma fazendo com que as pessoas pensem que sou babaca, que quero chamar atenção, eu sinto que olham para mim com uma cara de “-Isso é frescura”…  Sinto vergonha de assumir que sou sim depressiva, que preciso de ajuda, de um ombro amigo e de pessoas que me apoiem. Tenho vergonha de parecer frágil, do sentimento de dó que os outros possam ter por mim.

Escrevendo esse post eu estou tentando tomar cuidado com as minhas palavras para não parecer que quero a sua atenção, para você não ler esse texto e pensar que é só mais um. Estou escrevendo esse texto para mostrar para vocês que a depressão é uma doença sim e é uma doença violenta. Se você não tem não jugue quando alguém falar que tem, de ouvidos a essa pessoa. Eu não posso falar por todos mais se você que está lendo e conhece alguém na família ou um amigo que está com depressão então seja mais atento, mais próximo, não julgue, ajude levando a essa pessoa mais otimismo, mais alegria, se interesse por seus assuntos, seus gostos pessoais e se já sempre verdadeiro.

É muito difícil como já disse generalizar os sintomas de uma depressão e as necessidades de quem sofre dessa doença, mas na maioria dos casos elas querem ser reconhecidas, querem mais abertura, querem mais aprovações. Cuidado com as brincadeiras, com as palavras que usam e muito cuidado com o julgamento. Uma pessoa deprimida está a muito tempo lutando sozinha contra isso e ela é sim capaz de tirar a sua própria vida para que esse sentimento sesse de vez.

Esse post foi uma forma de desabafo e de tentar alertas as pessoas que sofrem e/ou que convivem com outra pessoa com a depressão. Se você tem essa doença não se sinta só e vá procurar ajuda e se você convive com alguém que tem depressão ofereça ajuda!

Tags:

Deixe seu comentário