A importância da moda Plus Size

comentários
19 de abril de 2017
 O mercado da moda sempre estabeleceu muitos padrões de beleza. É uma indústria difícil, que lida com muitos estereótipos e sua busca pela beleza “ideal” acaba, muitas vezes, sendo prejudicial para sua imagem. Felizmente, nos últimos anos, um novo segmento vem crescendo exponencialmente nesse ramo: a moda Plus Size. É claro que, comparado ao mercado para as modelos tradicionais, ainda há muito a se desenvolver para as mulheres Plus Size. Mas, quando analisamos a história da moda, notamos que houve uma melhora considerável. Hoje em dia, já é comum vermos diversas marcas trabalharem com esse público e desenvolverem novas modelagens que atendam aos diversos tipos de corpos. Ver esse público ganhando seu espaço, mesmo que seja aos poucos, é ter uma indústria com mais representatividade e diversidade, algo que parecia impossível há algumas décadas atrás. 
 Outra questão interessante de ser abordada é a relação que a mídia estabelece com o mercado da moda. Se ao longo da história, muitos estilistas privilegiaram um determinado padrão de beleza, a imprensa só reforçou esse paradigma. E pior do que isso, os meios de comunicação são responsáveis por colocarem esse modelo de corpo como o único aceitável dentro da sociedade. Ao longo dos anos, isso feriu a autoestima de muitas mulheres e fere até hoje. Porém, felizmente, hoje vivemos em uma época que as diferenças ganham cada vez mais espaço no mercado, o que acabou refletindo na mídia. Mesmo que ainda existam diversos problemas para serem melhorados, algumas revistas, a televisão e principalmente a internet, oferecem um espaço de fala para as mulheres que fogem do padrão estético de alguns anos atrás.
Com base nisso, percebemos o quanto a visibilidade é importante para as mulheres que não atendem às exigências dessa indústria que, ao longo do anos, estabeleceu um único padrão e quem não estivesse dentro dele acabava sofrendo uma série de preconceitos e não se sentindo representado. Felizmente, em 2017, as coisas mudaram e continuam mudando. A representatividade está presente em diversas áreas, e a moda é uma delas. Cada vez mais, modelos negras, baixas, altas, plus estão sendo representadas. É claro que ainda há muito a ser melhorado, mas já estamos bem avançados em comparação aos padrões estabelecidos em nosso passado.                                                                                              Esse texto é uma parceria com o blog Uppermag    

Deixe seu comentário